Projeto

Hands UP – Against Children’s Corporal Punishment

Porquê este projeto?

Apesar de serem proibidos por vários instrumentos jurídicos e pela legislação de vários países, os castigos corporais continuam a ser socialmente aceites. Assim – e de acordo com as recomendações internacionais – a proibição de todas as formas de castigos corporais deve ser concretizada através de uma efectiva aplicação da lei. É crucial desmistificar e clarificar o conceito de castigo corporal, e suas consequências (físicas e psicológicas) promovendo a adoção de práticas disciplinares positivas. 

 

Duração: 2 anos - outubro 2016 a setembro 2018.

 

Grupos-alvo:

  • Pais e cuidadores
  • Profissionais das áreas social, da saúde e da educação – de forma a eliminar os castigos corporais e implementar práticas positivas e não-violentas de educação
  • Agentes envolvidos em serviços de proteção de menores (polícia, procuradores e juízes) – de forma a clarificar a definição e consequências de castigos corporais e promover a correta aplicação da lei
  • Decisores-políticos – de forma a desenvolver medidas preventivas para eliminar os castigos corporais a crianças, a nível nacional e Europeu. 

As atividades do projeto dividem-se em 3 grandes áreas: justiça, parentalidade e sensibilização.

Áreas

Justiça e Advocacy

Justiça e Advocacy

Saber mais

Parentalidade e Disciplina Positiva

Parentalidade e Disciplina Positiva

Saber mais

Formação e Sensibilização

Formação e Sensibilização

Saber mais